Grêmio na Copa Libertadores da América

Grêmio na Copa Libertadores

Grêmio na Copa Libertadores: com 16 participações em Libertadores, Grêmio vai bem em estreias. Aproveitamento gremista está acima dos 60%.

Começa nesta semana a 16ª caminhada do Grêmio em uma Copa Libertadores da América. Segundo maior participantes brasileiro na competição continental, o clube enfrenta o Toluca no México à meia-noite (horário de Brasília) de quinta-feira. Se depender do seu retrospecto em estreias, o Tricolor vai voltar de lá pontuando.

Foram 15 estreias na Libertadores desde 1982 (ano de sua primeira participação), com oito vitórias e cinco empates. As únicas derrotas ocorreram em 1995 diante do Palmeiras (3 a 2 em São Paulo), ano do bi da América, e recentemente na edição de 2013. O time de Vanderlei Luxemburgo encarou a chamada Pré-Libertadores contra a LDU e saiu perdendo o mata-mata contra os equatorianos em Quito (placar de 1 a 0).

Detalhe interessante sobre este positivo retrospecto do Grêmio são os confrontos brasileiros. Nos anos de 1982, 83, 84, 90, 95, 96, 97 e 98 (ou seja, as oito primeiras participaões), impressionantemente o adversário era do Brasil. Apenas uma vez o oponente da estreia foi mexicano. Na edição de 2003, o Grêmio, do técnico Tite, venceu o Pumas por 3 a 2 no Olímpico, com gols de Luis Mário, Roger (hoje técnico do time) e Lozano contra.
 

Grêmio na Copa Libertadores: estreias do Grêmio na Libertadores:

15 jogos
8 vitórias
5 empates
2 derrotas
27 gols marcados
16 gols sofridos
64,4% de aproveitamento
 
Todas as estreias do Grêmio na Copa Libertadores:
1982 – São Paulo 2×2 Grêmio
1983 – Grêmio 1×1 Flamengo
1984 – Grêmio 5×1 Flamengo
1990 – Grêmio 2×0 Vasco da Gama
1995 – Palmeiras 3×2 Grêmio
1996 – Botafogo 1×1 Grêmio
1997 – Cruzeiro 1×2 Grêmio
1998 – Grêmio 1×0 Vasco da Gama
2002 – Oriente Petrolero 2×4 Grêmio
2003 – Grêmio 3×2 Pumas
2007 – Cerro Porteño 0×1 Grêmio
2009 – Grêmio 0×0 Universidad de Chile
2011 – Liverpool 2×2 Grêmio
2013 – LDU 1×0 Grêmio
2014 – Nacional 0×1 Grêmio
.

DICAS DE APOSTAS NO SEU EMAIL

Receba atualizações, bônus e dicas para LUCRAR com suas apostas! É GRÁTIS!

.

Grêmio na Copa Libertadores: 10 curiosidades sobre as participações do Grêmio na Libertadores

 Grêmio na Copa Libertadores
.
1. Nas duas Libertadores que venceu, nos anos de 1983 e 1995, o Grêmio era treinado por ex-defensores. Primeiro, o comandante foi Valdir Espinosa, que foi lateral-direito do próprio tricolor na década de 70. Depois, foi a vez de Luiz Felipe Scolari, zagueiro vigoroso de Caxias e Novo Hamburgo. Coincidência para 2016? Roger Machado também era homem de defesa.

2. Em suas últimas três participações no torneio, o tricolor gaúcho foi eliminado na fase de oitavas de final e sempre por times de países diferentes. Em 2011, o algoz foi a Universidad Católica, do Chile. Em 2013, o Santa Fé, da Colômbia, tirou o Grêmio. Já em 2014, os gaúchos caíram para o San Lorenzo, da Argentina.

3. A pior participação do Grêmio na Copa Libertadores foi na edição de 1990, quando a equipe treinada por Evaristo de Macedo fechou como a 17° colocada. Foi apenas uma vitória, na estreia contra o Vasco da Gama, três empates e duas derrotas, com cinco gols feitos e seis sofridos.

4. Evaristo de Macedo, Luiz Felipe Scolari e Tite são os treinadores recordistas de participações com o Grêmio em Libertadores. Cada um deles treinou em duas ocasiões. Evaristo, 1990 e 1997; Luiz Felipe Scolari, o Felipão, 1995 e 1996; e Tite, nos anos de 2002 e 2003.

5. A maior goleada aplicada pelo Grêmio na Copa Libertadores foi durante a edição de 1984, ano em que o tricolor foi vice-campeão. Durante a fase de grupos, os gaúchos aplicaram 6 a 1 na Universidad Los Andes, da Venezuela. Os jogadores gremistas Caio, Tarcísio (2), Guilherme (2) e De León fizeram os gols naquele dia 9 de julho.

6. A edição em que o Grêmio fez mais gols foi em 1995, ano do bicampeonato comandado por Luiz Felipe Scolari. Foram 29 gols marcados. Em 1990, o menor número: apenas 5 gols feitos.

7. Por outro lado, o ano em que a defesa gremista mais demonstrou força e menos vazou foi em sua última participação, no ano de 2014, com Enderson Moreira. Somente Newell’s na primeira fase e San Lorenzo, nas oitavas, balançaram as redes do tricolor, que tomou só 2 gols em todo o torneio. Já em 2007, a coisa desandou: mesmo com o vice-campeonato, foram 15 gols sofridos.

8. Instituída há poucas edições pela Conmebol, a fase chamada pré-Libertadores jamais vitimou o Grêmio. Nas duas participações que fez, o clube gaúcho avançou em ambas. Em 2011, superou o Liverpool, do Uruguai. Já em 2014, nos pênaltis, bateu a LDU, do Equador.

9. Somando apenas os duelos em casa contra equipes brasileiras, o Grêmio na Copa Libertadores tem um retrospecto favorável. Em 16 jogos, foram 8 vitórias, 6 empates e duas derrotas. Corinthians em 1996 (1 a 0) e Cruzeiro em 1997 (1 a 0) foram os únicos carrascos.

10. Em números gerais: 15 Libertadores disputadas, 2 títulos (1983 e 1995), 2 vices (1984 e 2007), 147 jogos, 74 vitórias, 32 empates e 41 derrotas. 221 gols marcados e 137 sofridos.

Veja dicas de apostas online

Grêmio na Copa Libertadores: Grêmio é o segundo clube brasileiro com mais participações na Libertadores

Com a 3ª colocação no Campeonato Brasileiro 2015, o Grêmio se classificou direto para fase de grupos da Copa Libertadores da América 2016. Será a 16ª participação do Tricolor em Libertadores, número alcançado também pelo Palmeiras que venceu a Copa do Brasil 2015.

O clube brasileiro com mais participações na competição é o também classificado São Paulo, que chegará a sua 18ª participação.

Ranking dos 10 clubes brasileiros que mais participaram da Copa Libertadores da América:

17 – São Paulo
16 – Grêmio e Palmeiras
15 – Cruzeiro
13 – Corinthians
12 – Flamengo e Santos
11 – Inter
8 – Atlético/MG e Vasco

Grêmio na Copa Libertadores: Grêmio aposta em elenco com “cascudos” para Libertadores

.

Grêmio na Copa Libertadores

Do elenco a ser inscrito na competição, mais da metade do plantel já tem experiência no torneio

Libertadores é uma competição diferente. Muitos estádios acanhados, a pressão dos torcedores às vezes ultrapassa a barreira esportiva, as entradas são ríspidas. É verdade que melhorou consideravelmente na última década. Ainda assim, nenhum outro torneio se assemelha à ela. Contar com atletas já experimentados no torneio é bom. E o Grêmio reúne 16 deles no seu elenco.

Destes, no entanto, nem todos serão inscritos. A tendência é que três fiquem de fora da relação que deve ser encaminhada na segunda-feira para a Conmebol — ou no dia seguinte pagando multa de 10 mil dólares. Werley, Lucas Coelho e Braian Rodríguez provavelmente sobrarão.

A escolha dos nomes não gera um grade mistério. Com a lesão de Moisés, Kaio deve ter a sua inscrição confirmada. Tontini, Batista e um quarto goleiro devem ficar com os últimos três lugares. Dos 30 atletas, 13 já tiveram a oportunidade de sentir a sensação de disputar taça da Libertadores em ao menos um minuto.

Campeão com o Inter, Edinho é o mais “cascudo”

Entre estes, Edinho é disparado o mais experiente nela. O volante, que será titular na estreia contra o Toluca, vai para a sua sexta participação, duas pelo Inter (2006 e 2007), três pelo Fluminense (2011, 2012 e 2013) e uma com o Grêmio (2014). Já são 49 jogos no torneio.

A segunda posição na lista, em termos de partidas, é dividida entre o novo reforço Miller Bolaños e Douglas, ambos com 19. O equatoriano esteve em quatro edições, duas pela LDU (2009 e 2011) e duas pelo Emelec (2014 e (2015), enquanto o meia atuou em três, uma pelo Grêmio (2011) e duas pelo Corinthians (2012 e 2013). Grohe também esteve em quatro Libertadores, mas jogou menos por ter sido reserva nas três primeiras.

Veja dicas de apostas online

DICAS DE APOSTAS NO SEU EMAIL

Receba atualizações, bônus e dicas para LUCRAR com suas apostas! É GRÁTIS!

Sobre Apostagol 198 Artigos
O Apostagol é um site de dicas de apostas esportivas online. Os conteúdos do Apostagol trazem muitas dicas e macetes que ajudam o apostador a efetuar suas apostas.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.