Corinthians na Copa Libertadores da América

Corinthians na Copa Libertadores

Corinthians na Copa Libertadores da América: confira as participações do Timão na competição Sul-Americana

Corinthians na Copa Libertadores de 1977 – Vice campeão do Brasileirão de 1976, o Corinthians estava no grupo 3 da Libertadores de 1977. Enfrentou Cruzeiro, Nacional-EQU e Deportivo Cuenca-EQU. Com uma campanha de duas vitórias (vencer nesta época dava 2 pontos), um empate e três derrotas, o Timão ficou em terceiro no grupo e foi desclassificado ainda na primeira fase.

Corinthians na Copa Libertadores de 1991 – O Corinthians conquistou o Brasileirão de 1990 e com isto, participou da edição de 1991 da Libertadores. No Grupo 3 com Flamengo, Nacional-URU e Bella Vista_URU, o Timão teve uma campanha de duas vitórias, dois empates e duas derrotas, o Timão avançou para a fase final. No entanto, foi eliminado pelo Boca Juniors nas oitavas de final.

Libertadores de 1996 – Campeão da Copa do Brasil de 1995, o Corinthians estava no Grupo 4. A vitória já estava valendo três pontos e o Timão ficou com a primeira posição do grupo com 13 pontos. Porém, após atropelar o Espoli-EQU, o Grêmio impediu o sonho corintiano de conquistar a Libertadores ainda nas quartas-de-final.

Corinthians na Copa Libertadores de 1999 – O Timão conquistou o Campeonato Brasileiro de 1998. No grupo 3 enfrentou Palmeiras, Cerro Porteño e Olímpia, os dois últimos do Paraguai. Após se classificar em primeiro no grupo, a torcida se empolgou com a vitória sobre o Jorge Wilstermann. No entanto, o grande rival Palmeiras seria a pedra no sapato. E com uma vitória nas penalidades, o Timão caiu aos pés do Verdão, que conquistaria o título naquele ano.

Corinthians na Copa Libertadores de 2000 – Novamente campeão brasileiro, o Corinthians estava no Grupo 3. Enfrentou América do México, Olímpia-PAR e LDU-EQU. O Timão terminou a fase de grupo em primeiro e já nas oitavas de final sofreu para vencer o Rosário Central nas penalidades. O fantasma das quartas de final ficou para trás após vencer o Atlético-MG, porém, o Palmeiras segurou a equipe mais uma vez. E na disputa de pênaltis Marcos parou Marcelinho e o Corinthians foi eliminado.

Corinthians na Copa Libertadores de 2006 – Campeão Brasileiro em 2005, o Timão estava no grupo 4 com Tigres-MEX, Universidad Católica-CHI e Deportivo Cali-COL. Com 13 pontos somandos, o Corinthians avançou mais uma vez para a fase final. Outra vez, o River Plate calou o Pacaembu e deixou a Fiel torcida vendo navios o resto da competição. Duas derrotas e uma eliminação traumática.

Corinthians na Copa Libertadores de 2010 – Campeão da Copa do Brasil 2009, com Mano Menezes no banco e Ronaldo no comando do ataque, o Corinthians era um dos grandes favoritos para conquistar o título. No Grupo 1 com Racing-ARG, Independiente Medelin-COL e Cerro Porteño-PAR, o Timão avançou em primeiro. Porém, nas oitavas de final o Flamengo calou o Pacaembu com o gol de Vagner Love.

Corinthians na Copa Libertadores de 2011 – Quarto colocado no Brasileirão de 2011, o Timão disputou contra o Tolima-COL. Um empate na primeira partida no Pacaembu complicou a vida do Corinthians. Na Colômbia, a história foi confirmada. Com dois gols no segundo tempo, os colombianos derrubaram a equipe paulistana ante da fase de grupos.

Corinthians na Copa Libertadores de 2012 – Depois de nove participações frustradas, o Timão alcançou o sonhado título. Após conquistar o Campeonato Brasileiro de 2011, a equipe dirigida por Tite passou por todas as dificuldades da competição. Na primeira fase passou por Cruz Azul-MEX, Nacional-PAR e Deportivo Táchira-VEZ. Nas oitavas não tomou conhecimento do Emelec. Depois, dois adversários brasileiros: Vasco e Santos. Na decisão, o temido Boca Juniors-ARG não foi páreo para o sonho corintiano. Timão campeão da Libertadores 2012.

Corinthians na Copa Libertadores de 2013 – O Corinthians entrou na disputa em 2013 como franco favorito. A equipe acabara de conquistar o título mundial contra o Chelsea e estava livre do peso carregado nos anos anteriores. Na estreia, contra o San Jose da Bolívia, porém, o empate em 1×1 foi o de menos. Um sinalizador atirado do meio da torcida corintiana atingiu e matou o jovem Kevin Espada, de 14 anos, escrevendo uma página negra na história do clube e da competição. O clube não foi banido da Libertadores, como se especulava, mas teve que jogar algumas partidas com portões fechados e foi eliminado pelo Boca Juniors em pleno Pacaembu, com uma atuação pra lá de suspeita do árbitro Carlos Amarilla, que influenciou diretamente o resultado da partida – possivelmente em represália aos acontecimentos de Oruro, na Bolívia.

Corinthians na Copa Libertadores de 2015 – Nesta edição, o Corinthians foi eliminado nas Oitavas de Final pelo Guaraní. Classificou-se para o torneio ao finalizar o Campeonato Brasileiro de 2014 como 4º colocado. O Corinthians foi sorteado para enfrentar o clube colombiano Once Caldas. Venceu a primeira partida em casas e empatou a segunda na casa do adversário, garantindo assim sua classificação para a primeira fase. O Corinthians ficou no Grupo 2, ao lado de Danubio, do Uruguai; San Lorenzo, da Argentina e São Paulo, do Brasil. Ficou em 1º lugar com 13 pontos, e se classificou para a segunda fase. O Corinthians, 4º lugar geral na Libertadores, enfrentou o Guaraní Central, 13º lugar geral.

DICAS DE APOSTAS NO SEU EMAIL

Receba atualizações, bônus e dicas para LUCRAR com suas apostas! É GRÁTIS!

.

Veja dicas de apostas online

.

Corinthians na Copa Libertadores de 2016: Jogando no deserto, Corinthians se “prepara para o pior”

.

A estreia do Corinthians pela Copa Libertadores da América será na cidade de El Salvador, no meio do deserto do Atacama. Nesta quarta-feira, o alvinegro encara o Cobresal, do Chile, às 21h45 (de Brasília), pela primeira rodada do Grupo 8 do torneio sul-americano.

A pequena cidade no Chile é na verdade um acampamento dos mineradores de cobre da região e conta com apenas sete mil habitantes. O Estádio El “Cobre”, onde jogará o Alvinegro, no entanto, tem capacidade para 20 mil espectadores. Mesmo assim, os corintianos não esperam que a pressão do torneio sul-americano seja menor pelo número de torcedores.

“Eu prefiro me preparar para o pior. Não quero ser surpreendido. Estamos preparados para 7 mil, 8 mil, 20 mil pessoas, 100 mil, nossa profissão é carregada de pressão e temos que nos adaptar”, disse o zagueiro Yago.

Além da dificuldade imposta pelo adversário e pela pressão da torcida, típica de Libertadores, o Corinthians também terá a viagem como obstáculo. Nesta segunda-feira, o Timão viaja para Santiago, capital do Chile, onde se hospedará e treinará na terça, véspera da partida.

“Estávamos comentando que essas viagens sempre dão emoção, começando pelo voo (risos). Para chegar na Libertadores não é fácil. Então, deve ser um time bem montado, vamos ter dificuldades”, disse o beque do Corinthians.

O Corinthians só viajará para El Salvador na quarta-feira, dia da partida. Isso porque o único local com condições de abrigar os treinamentos de Tite na pequena cidade seria o próprio “El Cobre”, mas o regulamento da Libertadores prevê que a equipe mandante pode impedir à visitante de treinar no local da partida, sob o pretexto de que isto prejudicaria o gramado.

Com tanta logística, até os jogadores do Corinthians se confundem ao falar das viagens. “Olha, o voo é para Santiago, se não estou enganado, mas o nome da cidade que vai ser o jogo… Aí você me pegou (risos). É um pouco diferente. Estamos acostumados a jogar com atletas e em lugares que conhecemos, mas tenho certeza de que a comissão (técnica) está preparando os vídeos para aprendermos mais sobre o adversário e nos preparar bem”, disse o atacante Lucca.

Mesmo com tantas adversidades, os jogadores procuram focar dentro de campo e sabem que precisarão se adaptar rapidamente ao estilo da competição sul-americana. “Libertadores é uma competição diferente, ficamos um pouco ansiosos, mas isso é normal. Depois que a bola rolar, isso passa. Temos de estar preparados para todas as situações”, disse Lucca. “Temos que nos adaptar o mais rápido possível, sabemos que o comportamento é diferente, a cultura é diferente. Temos que nos acostumar logo para ter boas atuações”, finalizou o zagueiro Yago.

Conheça o Novo Patrocinador do Timão

Corinthians na Copa Libertadores

.

Corinthians na Copa Libertadores: Lista de inscritos do Corinthians para a Libertadores

.

Já a caminho do Chile para a estreia na Copa Libertadores diante do Cobresal, na quarta-feira, às 21h45, o Corinthians definiu a lista de inscritos para o começo da competição sul-americana.

Com poucas chances no time, mesmo após a perda de muitos titulares da equipe campeã brasileira de 2015, o volante Cristian chegou a ser cotado para deixar o Corinthians, mas está inscrito.

Rildo e Luciano, que ainda tratam de lesões sofridas no último ano, também aparecem na lista.

O último reforço da equipe, o zagueiro paraguaio Balbuena, está inscrito, mas como só teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) nesta segunda-feira, não acompanhou a equipe na viagem para o Chile.

Veja a lista:

Goleiros: Cássio, Walter, Matheus Vidotto, Caíque.
Laterais: Uendel, Guilherme Arana, Fagner, Edilson.
Zagueiros: Yago, Vilson, Felipe, Pedro Henrique, Fabian Balbuena.
Volantes: Cristian, Willians, Bruno Henrique, Elias, Maycon.
Meias: Guilherme, Allan Mineiro, Danilo, Matheus Pereira, Rodriguinho, Giovanni Augusto, Marlone.
Atacantes: Rildo, Lucca, Romero, Luciano, André.

.

DICAS DE APOSTAS NO SEU EMAIL

Receba atualizações, bônus e dicas para LUCRAR com suas apostas! É GRÁTIS!

.

Veja dicas de apostas online

.

Sobre Apostagol 198 Artigos
O Apostagol é um site de dicas de apostas esportivas online. Os conteúdos do Apostagol trazem muitas dicas e macetes que ajudam o apostador a efetuar suas apostas.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.