Aposte na Copa! Dicas de um profissional

A Copa do Mundo é uma das competições que mais dinheiro movimenta nas casas de apostas. Paulo Rebelo, apostador profissional, dá algumas dicas de como se dar bem neste Mundial

O Mundial de futebol assistiu na última quinta-feira o pontapé inicial da Copa, num jogo entre o anfitrião Brasil e a Croácia. A maioria das pessoas torce pelo seu país ou, em caso de ausência do mesmo, por algum pelo qual tenha desenvolvido algum tipo de afinidade. Existem ainda umas quantas pessoas, mais pragmáticas, que conseguem pôr de parte os seus desejos e vão à procura daqueles com mais hipóteses de ganharem, para isso com isso fazerem algum dinheiro. aposte na copa

As casas de apostas premiam quase todos os seus palpites, desde que esteja disposto a investir. Não é todos os dias que uma competição destas acontece e os grandes apostadores sabem disso. A liquidez, necessária para apostas de elevados valores, apenas pode ser encontrada num campeonato europeu, Mundial ou em alguns jogos da Liga dos Campeões, por isso é necessário estudar bem o torneio, de forma a encontrar as chamadas apostas de valor.

O trader português Paulo Rebelo faz a sua análise do Mundial e aponta para fatores que costumam escapar ao comum dos adeptos. “Depois do Brasil, a equipe favorita para a conquistar a Copa é a Argentina, que apresenta a seleção mais idosa, com uma média de idadesde 28,5 anos, e um cotação de aproximadamente R$5.30 nos sites de apostas. Apesar da idade nas pernas a Argentina soma argumentos a seu favor: foi feliz no sorteio uma vez que, para além de ter ficado no grupo teoricamente mais fraco, irá evitar o calor do nordeste brasileiro. Além do mais, irá jogar perto de casa contando com o apoio da torcida que seguramente irá rumar ao Brasil.” aposte na copa

O Brasil é apontado pela generalidade dos torcedores como a equipe favorita para ganhar o Mundial. O site de apostas Betfair oferece R$4.20 por cada R$1 apostado. As estatísticas dizem que desde que existe ranking da FIFA, sempre que o Brasil não chega ao Mundial no primeiro lugar, é campeão. Por outro lado, quem ocupa esse lugar nunca foi campeão, o que pode funcionar como aviso para a armada espanhola. E aqui entra o fator casa, estatisticamente muito relevante.

“O fator casa poderá ser determinante neste campeonato. As casas de apostas atribuem ao Brasil, que é a equipe que mais Copas venceu, um prêmio de R$1.85 por cada R$1 apostado, caso chegue as semifinais, o que corresponde uma probabilidade de 55%. No entanto, a média histórica para que a equipe que jogue em casa atinja esta fase é maior (63%) pelo que, em teoria, compensará apostar que o Brasil chegará, pelo menos, as semifinais da competição.”

As grandes viagens são outro fator de análise para Paulo Rebelo. “O Brasil é um país enorme comparado com Portugal. As distâncias que algumas seleções terão que percorrer são algo que o apostador deve ter em conta, pois o cansaço irá notar-se numa competição em final de temporada e com elevadas temperaturas.” E quem será a equipe mais prejudicada? “Os Estados Unidos serão a seleção mais fustigada pelo cansaço das viagens. Terão que viajar um total de 5600 km só para completar os compromissos do grupo.” Uma boa notícia para Portugal. aposte na copa

Pior é quando ficamos a saber quem é que viaja menos. “A Bélgica foi a que teve mais sorte com o calendário tendo que viajar apenas 698 km (8 vezes menos do que os EUA).” Os belgas apresentam neste Mundial uma geração de ouro, sendo apontados por muitos como uma equipe que corre por fora, tal como Portugal. A probabilidade de Portugal e a Bélgica se cruzarem logo a seguir aos grupos é elevada, bastando apenas que uma das equipes fique em primeiro e a outra em segundo.

Também as condições atmosféricas podem desempenhar um fator importante. “A chuva intensa costuma significar poucos gols, mas calor e umidade intensos implicam também menos gols. Nesta Copa irão disputar-se vários jogos com temperatura e umidade elevadas, alguns deles às 13h00. O apostador deverá ter em conta que é de esperar menos gols para estes jogos. Pondere também que as seleções europeias não estão habituadas a este clima tropical o que poderá significar uma dificuldade extra.” aposte na copa

O apostador português mostra um exemplo prático de acertar no vencedor do Mundial, podendo escolher várias hipóteses.

Através do dutching, uma estratégia que consiste na colocação de apostas a favor e de forma simultânea em várias seleções. O objetivo é cobrir o maior número de resultados prováveis, e dividindo igualmente o lucro por todas as seleções favoritas, permitindo uma grande redução do risco. “ Acertar no vencedor exato pode não ser fácil mas o risco diminui se fizermos uma equipe de seleções onde o apostador será o treinador que decide quem quer pôr a jogar. Por exemplo, se optar por pôr em campo as oito favoritas consegue obter R$10.5 de lucro por cada R$100 apostados, desde que o Mundial seja ganho por uma das seguintes equipes: Brasil, Argentina, Alemanha, Espanha, Bélgica, França, Itália ou Uruguai.” aposte na copa

Outro exemplo. “Se preferir colocar em campo as cinco equipes que já conseguiram um primeiro ou segundo lugar desde o Mundial-1998, consegue um retorno de pouco mais de 50  por cada 1 apostado.”

Terceira opção. “Se for um treinador com um espírito mais ofensivo e quiser entrar em campo apenas com as 5 cinco equipes que já venceram pelo menos duas vezes o Mundial irá ganhar 48  por cada 1 apostado, caso Brasil, Itália, Alemanha, Argentina e Uruguai ganhem a prova.” aposte na copa

DICAS DE APOSTAS NO SEU EMAIL

Receba atualizações, bônus e dicas para LUCRAR com suas apostas! É GRÁTIS!

 

Sobre Apostagol 189 Artigos
O Apostagol é um site de dicas de apostas esportivas online. Os conteúdos do Apostagol trazem muitas dicas e macetes que ajudam o apostador a efetuar suas apostas.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.